segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Brasil Holandês - Maurício de Nassau


"Até 1654, a capitania de Pernambuco ficou sob o domínio holandês, através da Companhia das Índias Ocidentais, passando por importantes transformações culturais, econômicas e sociais no governo do conde Maurício de Nassau. Olinda, por ser um ponto de difícil defesa, segundo concepção holandesa, é abandonada e incendiada pela tropa flamenga. A então vila do Recife ('Mauritsstad'), por ser um local baixo, de alagadiços e mais fácil para defender, segundo concepção militar flamenga, passa a ser a sede do governo holandês na América, vivendo anos de prosperidade sob o comando de Nassau, ultrapassando Olinda em importância regional através da construção de pontes, escolas, obras de infra-estrutura e saneamento".




Hoje em dia, a casa do Mauricio de Nassau é o museu de pinturas da coleção particular da familia real holandesa.

Sem comentários:

Enviar um comentário